Como e por que usar caminhos relativos no ArcMap?

Um problema relativamente comum no ArcGIS é a “perda” do caminho dos layers, shapefiles ou outras fontes de dados de um projeto mxd.

Quem nunca abriu um projeto e lá estavam aqueles pontos de exclamação vermelhos que indicam que o programa não encontrou o caminho para os arquivos? Exemplo abaixo:

Layers não encontrados pelo ArcMap por que foram movidos

Quando isto acontece é preciso perder um tempo “re-apontando” os caminhos dos arquivos que foram movidos, clicando no “!” vermelho e apontando para o novo caminho do shapefile, feature class, geodatabase, etc…

Isto acontece por que o ArcGIS não salva no arquivo de projeto (mxd) os arquivos que são usados nos mapas; guarda apenas o caminho até o arquivo, por exemplo:

D:\base_de_dados\estados.shp. 
Como evitar isto?

Uma maneira de contornar isso quando for transferir projetos de um computador para outro ou mandar por email, pen drive, etc, em que o novo usuário irá salvar os arquivos em uma pasta e num drive diferente do seu, é usar o chamado “Relative path” ou caminhos relativos em inglês.

Ainda é possível empacotar os dados em um arquivo único para compartilhamento, como explicamos aqui

Como ativar os relative paths?

-Com seu projeto aberto no ArcGIS, com todos os dados já adicionados, vá no menu File> Document property. 

-Na janela “Projeto” property, clique no botão “Data Source Option” ou na versão 10.x, clique na checkbox chamada “Pathnames: [ x ] Store relative pathnames do data sources”.

-Pronto, salve novamente seu mxd e este estará buscando as fontes de dados com caminhos relativos

Como fazer isto para todos os projetos de forma permanente?

Para fazer com que todos os documentos de mapas futuros usem caminhos relativos, clique em:

Personalizar-> Opções de ArcMap … ou Customize>ArcMap Options

Certifique-se de estar na aba Geral … agora marque a caixa de seleção que diz: Tornar os caminhos relativos o padrão para novos documentos de mapa … Clique em OK. Veja abaixo na interface em inglês onde marcar:

Ativando caminhos relaivos por padrão no ArcMap
E no ArcGIS PRO?

No ArcGIS PRO, o conceito de caminhos relativos é um pouco diferente. Quando você cria um projeto, você pode ter uma estrutura configurada automaticamente para você, então, em teoria, seu geodatabase, pasta padrão do projeto, etc. já estarão criados.

Há discussões sendo feitas acerca dos caminhos relativos no community portal da ESRI.

Siga Aqui: How can I “store relative pathnames” in ArcGIS Pro… – Esri Community

Gostou? Compartilhe

2 Comments on “Como e por que usar caminhos relativos no ArcMap?”

Deixe um comentário (deixe nome, email e site em branco para comentar como anônimo)

O seu endereço de e-mail não será publicado.