Pairwise tools e como trabalhar com layers em Memoria RAM

Muitas vezes precisamos rodar várias ferramentas de geoprocessamento até conseguir o resultado desejado no final.

Por exemplo, primeiro precisamos efetuar um Buffer em um layer, pois precisamos clipar para manter apenas dentro das bordas da propriedade, depois precisamos fazer um dissolve para evitar sobreposição, etc.

Cada vez que rodamos uma nova ferramenta, ela vai requerer um arquivo de saída, por exemplo, Rios_Buffer.shp.

O que poucos sabem é que é possível colocar estes layers intermediários em memória RAM, sem precisar salvá-los se você não quiser/precisar manter eles além da sessão do ArcMap/PRO atual.

Como Fazer: No ArcMap

No ArcMap ou mesmo no Model Builder, quando perguntado por um arquivo de saída (output), simplesmente coloque in_memory\. Isto indica ao ArcMap que vamos querer salvar o layer em memoria RAM, como se ela fosse uma “pasta” de saída do arquivo. Ai depois de \, coloque o nome da camada que deseja salvar, sem extensão nenhama. Veja abaixo

Simplesmente digite in_memory\ como pasta de saída do arquivo intermediario

Como Fazer: No ArcGIS PRO

No ArcGIS PRO é praticamente a mesma coisa, porém a ESRI mudou e ao invés de ser in_memory, é apenas memory agora.

Simplesmente digite memory\ como pasta de saída do arquivo intermediario

Em Python (Arcpy)

import arcpy
#comentario:também é possivel fazer arcpy.env.workspace = 'in_memory' ..
#para colocar todo o workspace em memoria RAM
entrada = r'C:\MeuGeodb.gdb\minhafeicao'
memoryFeature = "in_memory" + "\\" + "LayeremMemoria"
#copiar um layer de um geodb para a memoria RAM
arcpy.CopyFeatures_management(entrada, LayeremMemoria)
#colocar saida de gp em memoria
arcpy.Buffer_analysis(entrada, r"in_memory\\MeuBuffer", 1000)
#fazendo um dissolve do layer em memoria e salvando em arquivo
arcpy.Dissolve_management(r"in_memory\\MeuBuffer", r"C:\MeuGeodb.gdb\minhafeicaodissolvida", "CampoParaDissolve")

Importante

ATENÇÃO: É importante salientar que estes layers serão mantidos em memória volátil (RAM) e serão descartados ao reiniciar o computador ou fechar sua sessão do ArcGIS. Não coloque coisas em memoria RAM que precise ter copias em arquivo. Use apenas para “salvar” layers que são produtos intermediários de análises mais amplas em que é preciso fazer geoprocessamento em várias etapas, ou também em modelos do Model Builder e Python em que apenas queremos salvar o resultado final em disco e não nos importamos em perder os arquivos intermediários da análise.

Super Dica: PAIRWISE TOOLS

O ArcGIS PRO trouxe um conjunto de ferramentas chamadas Pairwise Overlay. Estas ferramentas fornecem uma alternativa a ferramentas clássicas de sobreposição, porém otimizadas para uso em grandes datasets com rapidez.

Onde encontrar as ferramentas Pairwise

ESRI: As ferramentas de sobreposição clássicas (Buffer, Clip, Dissolve, Erase, Integrate e Intersect) e as ferramentas de sobreposição Pairwise(Pairwise Buffer, Pairwise Clip, Pairwise Dissolve, Pairwise Erase, Pairwise Integrate e Pairwise Intersect) são projetadas para maximizar o desempenho e a precisão de análise durante o processamento de conjuntos de dados muito grandes e complexos. Várias diferenças funcionais e de desempenho entre ferramentas semelhantes determinam a ferramenta que você deve usar em seu fluxo de trabalho. Existem considerações adicionais que afetam todas as ferramentas de geoprocessamento que afetam a precisão da saída e o desempenho da análise, dependendo da ferramenta utilizada. Confira mais detalhes

Gostou? Compartilhe

Deixe um comentário (deixe nome, email e site em branco para comentar como anônimo)

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.