O fazendeiro que mudou a fronteira entre França e Bélgica

Você já deve ter visto marcos geográficos em propriedades. Com o advento do georreferenciamento, geralmente temos plaquinhas de metal e/ou marcos definindo as divisas de propriedade, como a abaixo:

Marco com plaquinha; georreferenciamento no Brasil

Acontece que nem sempre o sistema é ou foi assim. Em muitos países, as fronteiras foram definidas há muito tempo, geralmente via guerras e a demarcação nem sempre é clara.

Aconteceu na Bélgica

Um fazendeiro inadvertidamente mudou a geografia ao mudar a fronteira de seu país com a França. O fazendeiro estava dirigindo um trator e aparentemente ficou irritado com uma grande pedra bloqueando seu caminho, informou a BBC News. Então, ele o moveu a pedra com seu trator.

Outra pessoa que caminhava recentemente pela floresta notou que a pedra havia sido movida. Ele, entusiasta da história, sabia que não era uma pedra qualquer – ela estava lá para marcar a fronteira entre os dois países.

O marcador havia se movido alguns metros, de acordo com a BBC News, efetivamente dando à Bélgica mais terra.

Marco de divisa semelhante aquele movido pelo fazendeiro na Bélgica (Fonte: CBSNews)

“Ele tornou a Bélgica maior e a França menor; não é uma boa ideia”, disse David Lavaux, prefeito da vila belga de Erquelinnes, ao canal de TV francês TF1.

A mudança pode causar um problema para proprietários de terras privados – e países vizinhos, disse Lavaux. Mas as pessoas na Bélgica e na França riram muito disso.

“Fiquei feliz, minha cidade ficou maior”, disse o prefeito, rindo. “Mas o prefeito de Bousignies-sur-Roc na França, não concordou.”

O prefeito de um vilarejo francês vizinho disse ao La Voix du Nord “Acho que desta vez seremos capazes de evitar uma nova guerra pela fronteira”, disse a BBC News.

História

A França e a Bélgica compartilham uma fronteira de 627 km, que foi estabelecida sob um tratado de 1820 assinado após a derrota de Napoleão em Waterloo, cinco anos antes.

As pedras foram colocadas quando a fronteira foi delimitada pela primeira vez em 1819.

As autoridades belgas planejam simplesmente entrar em contato com o fazendeiro e pedir-lhe que devolva a pedra ao local anterior – mas se ele não o fizer, o Ministério das Relações Exteriores da Bélgica poderia abrir uma comissão de fronteira franco-belga, algo que não acontecia desde 1930, de acordo com a BBC News. O fazendeiro também pode enfrentar acusações criminais se não obedecer.

“Se ele mostrar boa vontade, não terá problemas, resolveremos a questão amigavelmente”, disse Lavaux ao site de notícias belga Sudinfo.

Fonte: CBSNews

Gostou? Compartilhe

Deixe um comentário (deixe nome, email e site em branco para comentar como anônimo)

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.