Converter um web feature layer em shapefile

Atualização 2021

Atualize a contagem máxima de registros para serviços de recursos no ArcGIS Online

https://support.esri.com/en/technical-article/000012383

Anteriormente (2018)

Com o advento do ArcGIS Online e dos mapas publicados diretamente no ArcGIS Server ou AGOL, fica difícil obter o shapefile de um daqueles layers se o proprietário ou quem publicou não permitir baixar uma cópia.

Porém existe um jeito de baixar um web map ou web feature layer e converter para shapefile. Siga os passos abaixo:

  • Primeiramente você precisa do link do mapa online hospedado no ArcGIS Online que pretende obter em shapefile
  • Exemplo: https://services5.arcgis.com/qaWxR4XTuVOZEXZ9/arcgis/rest/services/LinhaTransmissao_Brasil/FeatureServer/0
  • Consulte a página de metadados do layer ou descriptions. Vá ao final da página onde aparece o seguinte:
  • Clique em QUERY. Consulte o servidor para obter resultados entrando na cláusula ‘Where’, o valor ‘1 = 1’ sem as aspas, para obter todos os resultados. Lembre-se de marcar ‘Recuperar geometria’ como True, se for esse o caso, e use uma Referência espacial válida, se desejar que o resultado seja transformado.
  • O ArcGis Server possui um limite padrão de 1000 resultados por consulta (pode ser diferente dependendo da configuração personalizada). Não há como paginar os resultados; portanto, se os dados tiverem mais de 1000 linhas, faça o seguinte:
    • Obter os IDs dos objetos (linhas), não há limite para os resultados desta consulta.
    • Obtenha os primeiros 1000 IDs e consulte o servidor novamente, repita até terminar.
  • Selecione o formato dos dados em geometry type (Polígono, Linhas, pontos. PS: Envelope não exportará o resultado que deseja)
  • Selecione o formato Json e clique em Query GET.
  • Crie um arquivo de texto na pasta que desejar. Copie o código Json criado pela consulta no passo anterior para este arquivo texto. Salve. Mude a extensão do arquivo de .txt para .json
  •  
  • No ArcGIS, rode a ferramenta JSON TO FEATURES entrando com o arquivo Json e saída o seu arquivo shapefile.

Pronto, se tudo deu certo seu shapefile foi gerado com sucesso baseado no layer web. Lembrando que isto só funciona para vetores e não para raster e pode não funcionar sempre pois a ESRI pode atualizar esta falha em breve..

Gostou? Compartilhe

2 Comments on “Converter um web feature layer em shapefile”

  1. Para arquivos com mais de 1000 resultados, na hora de selecionar mais resultados, como proceder? qual ícone deve ser usado pra visualizar os outros resultados que não foram processados? O que deve vir nesse ícone?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.