Incra e Exército iniciam trabalhos de análise de georreferenciamento

         Ontem (22),  diretor de Ordenamento da Estrutura Fundiária do Incra, Richard Martins Torsiano, e o chefe do Centro de Imagens e Informações Geográficas do Exército (Cigex), Coronel Tennyson Luiz da Silva de Queiroz, deram início aos trabalhos previstos no Termo de Cooperação Técnica (TCT) firmado em novembro de 2011 entre os dois órgãos. O objetivo é analisar 20 mil processos de certificação de georreferenciamento que tramitam nas Superintendências Regionais do Incra em todo o País
      Torsiano alertou que ao longo do trabalho, essencialmente administrativo, de análise processual, possivelmente serão detectadas ausências de documentos em alguns processos e, por isso, alguns proprietários terão que ser notificados. Nesses casos, os processos ficarão parados até que a documentação necessária seja regularizada e se prossiga com a certificação.
           Os interessados podem acompanhar o andamento dos processos pelo link “Certificação de Imóveis Rurais” na página oficial do Incra. “Todo passo que o processo der será atualizado para que os interessados possam acompanhar, inclusive se ele for notificado por falta de algum documento ou peça para que possa regularizar a situação o quanto antes. Isso tornará o processo mais prático e transparente”, avalia Claudio Siqueira, assessor da diretoria de Ordenamento da Estrutura Fundiária do Incra.
O INCRA ainda tem um canal exclusivo no Twitter para tirar dúvidas e pedir informação: @Incra_oficial
Gostou? Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.