Nova falha no foguete lançador Proton-M destroi importante satélite Russo

“Proton-M” falha e perde satélite de 200 milhões de euros.
O mais potente satélite de telecomunicações russo, o Express-AM4R, não foi colocado na órbita pré-calculada devido ao acidente do foguete-portador Proton-M,  lançado na noite da quinta para sexta-feira a partir do cosmódromo de Baikonur.
O foguete-portador Proton-M foi lançado na hora prevista, isto é, às 1h42, hora de Moscou. O satélite Express-AM4R foi desenvolvido pela empresa europeia EADS Astrium a pedido da companhia Kosmicheskaya Svyaz no âmbito do Programa Espacial Federal da Rússia para o período de 2006 a 2015.
De acordo com a informação à disposição da agência espacial russa Roscosmos, o acidente deu-se durante o funcionamento do terceiro estágio do foguete-portador, quando este se encontrava nas camadas superiores da atmosfera.
O acidente ocorreu aos 539 segundos do voo. Portanto, faltaram cerca de 40 segundos para que o terceiro estágio do Proton se desacoplasse, como estava previsto, do estágio de aceleração Briz-M. O local de queda dos destroços do míssil não foi revelado até agora.
De acordo com a informação da fonte da agência RIA Novosti, o Proton caiu fora dos limites do Cazaquistão. Por enquanto, não há informações sobre vítimas ou destruições. Segundo informou esta fonte, o foguete podia ter caído no território de Altai ou no oceano Pacífico.
Uma comissão especial será criada proximamente a fim de esclarecer as causas do acidente. A mesma fonte da agência informou que, por enquanto, todos os lançamentos dos mísseis Proton do cosmódromo Baikonur foram suspensos. O próximo devia ser realizado em 15 de julho deste ano.
Fonte: http://portuguese.ruvr.ru/2014_05_16/R-ssia-perde-sat-lite-de-comunica-o-mais-potente-de-mundo-4965/

Comente:

Gostou? Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.