GLONASS terá precisão centimétrica até 2020

O subchefe da Agência Espacial russa, Sergei Saveliev, afirmou, nesta quinta-feira, 15, que o sistema de navegação via satélite GLONASS terá precisão centimétrica até 2020. Ele declarou em uma conferência internacional sobre sistemas de navegação por satélite, em Munique, Alemanha, que a precisão do posicionamento para usuários militares e civis subirá ao nível decimétrico e centimétrico.
Saveliev relembrou que a frota nacional GLONASS inclui atualmente 31 satélites, 24 operacionais, quatro em reserva, dois em processo de investigação e um em fase de provas. O objetivo, segundo ele, é manter e promover o sistema com características técnicas que garantam a semelhança com os estrangeiros, para o qual se planeja, entre outras coisas, ampliar a rede de estações de medição e modernização de equipamento de controle terrestre.
Gostou? Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.